O Que Treinar Primeiro

Um dos pequenos detalhes que influenciam os resultados dos treinamentos é o que treinar primeiro. A ordem do que será contemplado numa sessão de treinamento precisa ser observada com cuidado. Caso contrário, os resultados podem ser abaixo do esperado e a longo prazo prejudicar não apenas a performance, mas também a saúde. Por isso neste artigo será abordado em que momento se deve treinar a técnica e a preparação física.

O que treinar primeiro, técnica ou preparação física?

Pode ser óbvio para alguns, para outros não. Muitos já podem ter percebido isso de forma empírica, por meio da experiência própria. Se você não tiver certeza sobre o que treinar primeiro entre técnica e preparação física, a resposta é técnica. Quem já fez o teste de mudar a ordem desses dois fatores deve ter notado que o rendimento é muito maior quando a técnica vem antes. Um dos motivos tem a ver com o acúmulo de gases que eu expliquei neste artigo sobre a oxigenação muscular.

Os fatores que justificam treinar a técnica primeiro estão relacionados ao desgaste. Quando o corpo está submetido a esforços intensos visando a melhora das capacidades físicas, os sistemas do corpo estão sob stress. Para aumentar a velocidade, força, resistência, potência, etc., o corpo precisa receber uma sobrecarga, que é uma carga de esforço um pouco maior do que o corpo está habituado. Isso gera uma depleção, um desgaste das funções do organismo, que será supercompensado durante o descanso. Com a supercompensação o organismo se adapta àquela carga.

o que treinar primeiro

Treinar a técnica com o corpo fadigado reforça um comportamento motor indesejado

O treino técnico por si só não gera muito desgaste, pelo menos não tanto quanto treinar as capacidades físicas. Porém, aperfeiçoar a técnica é adquirir padrões de movimentos mais refinados. Mas para isso é preciso que o corpo esteja descansado e é aí que treinar as capacidades físicas antes atrapalha.

O desgaste gerado pela sobrecarga leva ao stress do sistema nervoso, de forma que a transmissão dos impulsos nervosos seja prejudicada. Assim se perde coordenação motora, tornando os movimentos menos precisos. O esgotamento das fontes de energia e o aumento da acidez na musculatura reduzem o rendimento muscular. Um treino pesado das capacidades físicas deixa os músculos sem energia para fazer o movimento correto. É por isso que quando estamos cansados é difícil executar a técnica corretamente, afinal quando está cansado o corpo falha.

Se para melhorar a técnica você precisa adquirir um novo comportamento motor, treina-la com o corpo fadigado reforçará um comportamento motor indesejado. O corpo não consegue corrigir os movimentos quando perde a precisão, por isso você praticará a técnica incorreta. Na próxima vez que fizer um treino físico, você desenvolverá resistência para executar a técnica errada ao invés da correta. Isso vira um ciclo que só reforça a técnica errada, se tornando um hábito. Assim fica cada vez mais difícil melhorar.

O melhor então é aprimorar a técnica com o corpo descansado e treinar as capacidades físicas com o novo comportamento motor já fixado na memória muscular. Se for fazer duas sessões de treinamento no mesmo dia, ao decidir o que treinar primeiro escolha a técnica para a primeira sessão. Deixe o treinamento físico para a segunda, pois se fizer no começo, nada do que vier depois vai render.

Técnica errada aumenta o risco de lesões

O prejuízo de treinar as capacidades físicas antes da técnica vão além do baixo rendimento. Treinar a técnica errada faz com que você transforme posturas incorretas em hábito. Isso gera desperdício de força e energia, aumentando o risco de lesões. E aí com lesão fica mais difícil ainda… Então na dúvida sobre o que treinar primeiro, é melhor treinar a técnica antes que a preparação física do que se preparar fisicamente para treinar a técnica errada.

Da ginástica à arte marcial tradicional

Depois da publicação deste artigo, este tema deu origem a um diálogo muito legal entre eu e o Guilherme Amaral. Nele a gente discute a relação entre o movimento ginástico europeu e as artes marciais “tradicionais”. Você pode acompanhar esse diálogo completo mais o vídeo resumo no blog do Guilherme clicando aqui.

Esse conteúdo te ajudou de alguma forma? Então compartilhe com os seus amigos para ajudar outras pessoas! E se tiver alguma dúvida sobre o assunto é só deixar a sua pergunta nos comentários!

Deixe uma resposta

One Reply to “O Que Treinar Primeiro”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *